Claramente, um método para criar e-mails de qualidade é crucial. Ao segmentar seus e-mails de forma eficaz, você pode reduzir as taxas de cancelamento de assinatura, evitar que eles vão para a pasta de spam e dirigir mais tráfego para seu site. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a fazer isso:

1. Conheça o seu público

Enviar uma enxurrada de e-mails genéricos pode ser uma sentença de morte para a sua campanha. Você quer chegar a um grande mercado potencial, certo? Mas se o seu e-mail é fornecido para um público que é muito amplo, seus destinatários irão detectar a falta de personalização. Ao reunir dados sobre o seu público:

  • Identifique os seus dados demográfico-alvo;
  • Identifique os problemas e soluções específicas para eles;
  • Entenda o contexto cultural do seu mercado;
  • Mantenha-se atualizado sobre pesquisas relevantes que cobrem as demandas e tendências do seu nicho de mercado;
  • Comunique-se com seu departamento de vendas para identificar os gostos e desinteresses dos compradores.

2. Crie personas

Os consumidores compram produtos e serviços por várias razões, e você deve identificar quais são elas para criar personas únicas que falam para seu público com base ness informação. Quanto mais personas seu público se identifica com elas, mais fácil será para criar mensagens cativantes e bem-sucedidas.

3. Ajuste sempre que preciso

A otimização de e-mail é necessária. Uma segmentação eficaz requer uma análise contínua e ajustes. Os mercados mudam e as preferências do consumidor mudam também, então, sua estratégia deve se adaptar junto.

4. Não se esqueça do básico no e-mail marketing

Enquanto a segmentação é crítica, você não deve negligenciar os fundamentos do e-mail marketing. Concentre-se no conteúdo, mas não se esqueça das estética e apresentação do processo. Continue a evoluir e personificar, e você verá um aumento constante nas taxas de abertura – e, finalmente, nas vendas.