Com o alcance orgânico do Facebook despencando, as marcas que têm construído a sua estratégia de marketing social em uma plataforma única podem sofrer mais.

Nos últimos meses, o Facebook lançou uma série de mudanças em seu algoritmo, o que resulta no alcance de posts de páginas caindo de 2% para 16% para as grandes empresas em dois anos. O alcance orgânico é o número de pessoas que veem um post no Facebook, sem qualquer promoção ou publicidade paga impulsionar seu desempenho.

Qual é a solução? Desenvolver a estratégia de marketing social da empresa deve ser desde o início um esforço orientado a resultados diversificados em várias plataformas de mídia social e ligado a outras campanhas de marketing.

As empresas devem aproveitar o poder do Twitter, Instagram, Pinterest, Tumblr e Vine, bem como o do Facebook. E elas devem olhar o conteúdo e os dados coletados durante essas campanhas de maneiras mais criativas.

Aqui estão quatro maneiras de as empresas reagirem ao declínio do alcance orgânico do Facebook e construírem uma estratégia de marketing social mais resistente:

1. Construir uma presença em outras redes sociais

De certa forma, o Facebook se tornou uma vítima de seu próprio sucesso. O grande volume de conteúdo que flui através da maior rede social do mundo é um dos principais motivos de sua diminuição no alcance orgânico. O Facebook está lotado, e às vezes as mensagens e fotos se perdem nesse mar de conteúdo social.

Twitter, Vine, Pinterest, Tumblr e Instagram são menores, mais segmentados e têm apaixonados e engajados usuários. Invista nessas redes sociais também. O alcance social ainda está vivo e bem nessas redes, e as empresas devem aproveitar isso para interagir com os fãs, seguidores e clientes potenciais.

2. Promover campanhas

O declínio do alcance orgânico do Facebook significa que algumas campanhas nunca sairão do chão, pois alguns conteúdos não ganham qualquer tração na rede social. Não deixe que a sua campanha se torne um fracasso; não se esqueça de divulgá-la fora dos meios de comunicação social. Usando newsletters e publicidade online, a campanha de mídia social vai ganhar um fluxo constante de participantes, mesmo sem um grande lançamento no Facebook. Isso gera impulso que dá à empresa uma vantagem sobre outras empresas de depender apenas de alcance orgânico para espalhar suas mensagens através da esfera social.

3. Medir e otimizar o desempenho da mídia social

As impressões da empresa no Facebook podem estar em declínio, mas ainda é possível melhorar o valor do negócio de redes sociais. Os profissionais de marketing devem mudar seu foco para medir os resultados que importam.

É importante testar uma variedade de tipos de conteúdo (como atualizações de status, fotos, vídeos, links), e monitorar o desempenho. Analise os dias e horários em que as mensagens da organização recebem mais tração, e mude os hábitos de postagem de acordo com isso. Coloque o orçamento de publicidade por trás do conteúdo que pode impulsionar a lucratividade da empresa, tais como listas de produtos, promoções de eventos e cupons. Monitore, relate e teste novamente a abordagem.

Não limite os conteúdos sociais para a mídia social. Certifique-se de que o seu conteúdo social recebe exposição também no blog, site e newsletter.