Curso Mídias Sociais > Introdução às Mídias Sociais

Mídias Sociais: um Guia Completo

Entenda o que são as mídias sociais e como elas alteraram a forma como nos comportamos.

As Mídias Sociais são uma parte integrante do mundo atual. Para as pessoas, elas já fazem parte do dia a dia. Já para as empresas, elas não são mais uma questão de escolha e sim de obrigação.

Este artigo faz parte do Curso Mídias Sociais. No Curso de Mídias Sociais Online da Mirago você vai entender como analisar, planejar, executar e monitorar estratégias de Social Media. Inscreva-se agora!Conheça o curso

Neste texto, vamos explicar um pouco sobre o que são as Mídias Sociais e como elas influenciam nossa vida atualmente. Vamos entrar também no tópico da importância de fazer Social Media Marketing.

O que são Mídias Sociais?

Mídias Sociais são canais de comunicação viabilizados pela tecnologia. Eles possibilitam a publicação e recepção de informações por parte de seus usuários.

Existem muitas diferentes mídias do tipo, mas elas compartilham em comum algumas características:

  • Interação: interatividade baseada em aplicações da Web 2.0;
  • Conteúdo: conteúdo gerado por usuários;
  • Personificação: contas próprias e identificáveis para os usuários, criando personalização;
  • Conexão: conexões entre diferentes usuários, criando redes de comunicação.

Outra característica relevante é a acessibilidade por aparelhos eletrônicos. Isso inclui desde computadores desktop até aparelhos móveis como celulares e tablets.

De onde surgiram as Mídias Sociais?

É possível afirmar que as mídias sociais são uma evolução natural de um uso que a internet recebeu desde seus primeiros passos: conexão para troca de informações.

As mídias sociais começaram a emergir como uma possibilidade a partir da popularização dos blogs no final dos anos 1990 e começo dos anos 2000 nos Estados Unidos. Com esta nova possibilidade de logar na internet e publicar conteúdo próprio, começaram a surgir interações mais livres entre usuários da internet.

Logo surgiram os primeiros sites focados na conexão e compartilhamento de informações entre pessoas. Os primeiros destaques podem ser dados ao Friendster, MySpace e LinkedIn.

No Brasil, a primeira mídia social de sucesso foi o Orkut. Graças a um bom aproveitamento de momento e a uma estratégia de popularização baseada na necessidade de convites por outros usuários, o Orkut despertou interesse do brasileiro e se popularizou.

Mídias Sociais vs Redes Sociais

Nem todos se atentam a isso, mas existe uma diferença entre mídias sociais e redes sociais.

Por um lado as redes sociais são bem antigas e existem desde os tempos das cavernas. Qualquer agrupamento de pessoas que se engaje em atividades sociais regularmente pode ser considerado uma rede social.

Já as mídias sociais são canais que exigem as características citadas acima: personificação, conexão, conteúdo e interação.

Mídias Sociais de destaque

Desde que começaram a ganhar destaque como um fenômeno da internet, muitos sites de mídias sociais surgiram e sumiram. Vamos falar dos mais importantes.

Six Degrees

six degrees

Normalmente apontado como a primeira mídia social, o Six Degrees surgiu ainda no final da década de 1990. Por ser tão antigo, contava com possibilidades limitadas. Ainda assim, já tinha contas pessoais, conexões entre amigos e a possibilidade de listar onde estudou.

Friendster

friendster

Criado para competir com o Six Degrees em 2002. Contava com a possibilidade de compartilhar vídeos, imagens e mensagens com outros usuários, inaugurando a ideia de publicação de conteúdo.

O sucesso imediato do Friendster fez com que muitas grandes empresas abrissem o olho para as mídias sociais. O Google tentou comprar a plataforma por 30 milhões de dólares em 2003.

LinkedIn

mídia social profissional - linkedin

Uma das mídias mais usadas atualmente surgiu ainda em 2003. O LinkedIn sempre teve um caráter profissional, possibilitando o networking entre profissionais e empresas.

Apesar de ser uma das primeiras a surgir no mercado, cresceu em ritmo mais lento até chegar ao sucesso. Hoje conta com mais de 750 milhões de usuários e deve chegar a mais de 1 bilhão de usuários em 2025. A mídia social ainda conta com anúncios por meio do Linkedin Ads.

Orkut

orkut

Criado pelo engenheiro Orkut Büyükkökten para competir no mercado americano e lançado pelo Google. Acabou fazendo sucesso apenas no Brasil e na Índia.

O Orkut acabou tendo suas operações transferidas para a sede da Google Brasil em Belo Horizonte. Em 2014, a empresa proprietária da mídia anunciou o seu fechamento.

MySpace

myspace

Antes de existir o Facebook, havia o MySpace. Criado inicialmente como uma plataforma para armazenamento de arquivos em 2003, rapidamente conquistou o mercado ao acrescentar uma interface de mídias sociais.

O MySpace ainda existe, embora muito menor após perder a batalha para o Facebook.

Facebook

facebook

O Facebook, atual líder mundial, surgiu em 2004 como uma mídia social para universidades. Depois de abrir os cadastros para qualquer pessoa, o Facebook cresceu exponencialmente até atingir os 2,9 bilhões de usuários mensais atualmente.

Esta mídia social se tornou muito relevante tanto na parte orgânica, quanto na parte paga (Facebook Ads), pelo seu imenso poder de segmentação.

YouTube

mídia social de vídeos - youtube

Apesar de ser um dos sites mais acessados do mundo, poucos usuários sabem que o YouTube é uma mídia social. Criado em 2005 por ex-funcionários do PayPal, a plataforma de vídeos hoje é parte do Google.

O Youtube é o segundo maior mecanismo de busca da atualidade, ficando atrás apenas de sua “nave-mãe”, o Google. É possível anunciar na plataforma por meio do Google Ads, em sua rede de display.

Twitter

twitter

Apesar de ter um ritmo de crescimento menor que seus pares mais conhecidos, o Twitter segue firme e forte graças a uma base de usuários fieis. Criada em 2006, essa mídia social inicialmente só permitia a postagem de textos de 140 caracteres.

Hoje, o Twitter aceita vídeos, fotos, links e textos de 280 caracteres. Só no Brasil, temos mais de 17 milhões de usuários ativos na plataforma. É possível anunciar nesta mídia social por meio da plataforma de anúncios Twitter Ads.

WhatsApp

whatsapp

O WhatsApp, aplicativo de conversas instantâneas mais popular no Brasil, também pode ser considerado uma mídia social. O WhatsApp promove conexões e troca de informações.

Muito popular no Brasil, na Índia, na África do Sul e na Alemanha, o WhatsApp tem dado passos importantes para se tornar mais eficiente para empresas no futuro, como é o caso do WhatsApp Business e do catálogo de produtos do WhatsApp. Além disso, é possível criar campanhas de mensagens no WhatsApp por meio do Gerenciador de Anúncios do Facebook.

Pinterest

mídia social pinterest

O Pinterest surgiu em 2010 com a proposta de ser uma mídia social focada no compartilhamento de fotos. Nela, os usuários poderão criar, classificar e compartilhar quadros com inspirações temáticas variadas (desde moda, hobbies, decoração, casamento, games, etc). A rede social permite o upload de imagens e também vídeos, conhecidas como “pins“, classificando-os em coleções chamadas de “pinboards“.

Com o crescimento dessa mídia social, as empresas entenderam sua relevância e muitas marcas utilizam o Pinterest como um motor de “descoberta” de novos conteúdos, produtos, serviços e tendências. Atualmente também é possível anunciar na plataforma por meio do Pinterest Ads.

Instagram

mídia social instagram

Inovando como uma mídia social focada em imagens, o Instagram rapidamente conquistou espaço no mercado. Acabou comprado pelo Facebook em 2012.

Muito do apelo inicial do Instagram vinha do fato de ter filtros que melhoravam as fotos tiradas. Quando incluiu os Stories, conseguiu neutralizar o Snapchat, um concorrente que vinha crescendo e ameaçando. Além disso, ao criar o Reels, bateu de frente com o rival TikTok.

Eventualmente, acabou se tornando essencial para milhões de negócios ao redor do mundo. É, sem dúvida, uma das plataformas mais completas em termos de funcionalidades para empresas, além de contar com todo o poder do Instagram Ads e Instagram Shopping, por exemplo.

Snapchat

mídia social snapchat

O Snapchat foi lançado em 2011 originalmente como um aplicativo de imagens, mas rapidamente o formato vídeo ganhou popularidade nesta mídia social. Os famosos Stories, copiados pelo Instagram, surgiram primeiramente nesta rede social e rapidamente se tornaram um sucesso.

Você poderá criar seus “snaps” utilizando fotos ou vídeos, além de uma gama de filtros e opções de edição do material. Atualmente, em todo o mundo, o Snapchat conta com, aproximadamente, 300 milhões de usuários diários ativos, sendo cerca de 12 milhões de usuários, só no Brasil

TikTok

tiktok

Criado em 2017, tem crescido a ponto de preocupar os grandes concorrentes do mercado. Se foca no compartilhamento de vídeos, com ferramentas de dublagem e inclusão de músicas. Muito popular entre o público mais jovem.

Atualmente é uma das mídias sociais de maior crescimento em todo o mundo.

A importância das Mídias Sociais para o Marketing Digital

Desde o começo do século XXI, as Mídias Sociais têm ganhado um grande espaço na sociedade. Com isso, se tornou impossível ignorar seu potencial para o marketing digital.

O Facebook tem um número de usuários ativos que é maior que a população de qualquer país do mundo. Além disso, mais da metade da população mundial – mais de 4 bilhões de pessoas – já possui, pelo menos, uma mídia social atualmente.

mídias sociais

Ainda assim, a presença em Mídias Sociais tem se tornado mais complexa. Antes, bastava estar presente para ganhar destaque. Hoje, é preciso ter conteúdos que entregam valor e geram interação.

Outra questão de relevância são os anúncios. Enquanto no passado o retorno sobre o investimento era imenso, hoje é possível não ver retorno algum se o planejamento da campanha for mal feito. Afinal, onde está a atenção das pessoas, também está a concorrência entre as marcas, certo?

Dicas para obter bons resultados nas Mídias Sociais

Existem algumas boas práticas que, se implementadas com sucesso, garantirão bons resultados para sua marca, independentemente da plataforma. Vamos a elas:

Entendimento do Público

Aqui está um dos fundamentos do marketing que é essencial para qualquer ação em mídias sociais: o conhecimento de sua persona. É importante você responder algumas perguntas:

  • Com quem você está falando?
  • Quais são as principais “dores” desta persona? O que a incomoda? O que tira seu sono?
  • Quais são seus maiores desejos?
  • Quais são algumas objeções que esta persona tem?
  • Que tipos de conteúdo ela gosta de consumir?

Essas são apenas questões iniciais que você deve responder para ter uma maior clareza e compreensão de como dialogar com sua persona nas mídias sociais.

Este é um trabalho de pesquisa que não deve ser desprezado, sob pena de ter resultados pífios ou até indesejados em suas mídias sociais.

Entendimento do contexto de negócios

Entender sobre a persona é apenas o primeiro passo. Além disso, é importante entender seu contexto de negócios específico. Reflita sobre algumas questões:

  • Em que mercado atuamos? (Nem sempre a resposta é óbvia)
  • Quem são nossos concorrentes?
  • Quais nossos diferenciais?
  • Que tipo de conteúdo faz sentido neste mercado?
  • Qual é a minha “voz de marca” nas mídias sociais?
  • Como meu produto ou serviço resolve determinado problema da persona?
  • Quais outras marcas ou pessoas faz sentido associar minha marca?

As respostas à essas e outras perguntas deverão nortear suas estratégias e o seu planejamento seu conteúdo para as mídias sociais.

Objetivos definidos

Por que sua marca está presente nas mídias sociais? Se a resposta for: “Por que todos estão lá”, cuidado. Sim, faz sentido manter uma presença de marca num local em que a atenção das pessoas está voltada, é claro. No entanto, você deve se questionar e ter clareza de quais são seus principais objetivos ali.

Idealmente, os objetivos nas mídias sociais derivam dos objetivos de marketing de uma empresa. A partir disso, você irá entender algumas possibilidades com sua presença nas mídias sociais, por exemplo:

  • Aumentar o Reconhecimento de Marca (geralmente marcas mais novas tem este objetivo)
  • Geração de Leads (empresas de serviços podem ter este objetivo principal)
  • Vendas (varejistas, por exemplo, utilizam mídias sociais para divulgação e venda de produtos)
  • Geração de Tráfego (portais de conteúdo e notícias podem ter, primariamente, este objetivo)

Entenda que estas possibilidades não são excludentes entre si, ou seja, posso ter como objetivo o reconhecimento de marca e também a geração de leads. No entanto, ao ter clareza do principal objetivo, fica mais fácil definir estratégias e caminhos a seguir nas mídias sociais.

Planejamento

Depois de ter clareza dos objetivos, outro ponto que é fundamental para ter bons resultados nas mídias sociais é o planejamento de conteúdo. Embora pareça um pouco óbvio realizar um trabalho de planejamento para produção do conteúdo, sabemos que grande parte das empresas, sobretudo as pequenas e médias, não colocam esforços aqui.

Não é incomum que muitas marcas produzam conteúdos com base no método “apaga incêndio”, no método “em cima da hora” ou ainda, se preferir, no método “temos que postar alguma coisa hoje”. Não é preciso tanto esforço para entender que este tipo de conduta não vai trazer os resultados esperados, certo?

Neste sentido, se você deseja ter resultados relevantes em suas mídias sociais no médio e longo prazo, leve o planejamento a sério. Uma boa prática é contar com um calendário editorial para te ajudar nesta jornada. Assim, mesmo que imprevistos aconteçam (e vão acontecer), você estará mais bem preparado(a) para lidar com eles.

Frequência

Outro ponto importante nas mídias sociais é a frequência. Por ter uma natureza altamente dinâmica, as mídias sociais tem uma característica em comum: a rapidez com que uma nova postagem ou novidade desaparece. Ou seja, se você fizer uma postagem hoje, não importa qual mídia social, daqui há dois ou três dias seus seguidores não verão mais ela em suas “linhas do tempo”.

Dessa forma, é importante perceber que a frequência de postagem nas mídias sociais é um fator relevante para o sucesso da estratégia no médio e longo prazo. Qual a frequência ideal? Não existe uma resposta única para todos os tipos de negócio, mas, idealmente, ao menos uma postagem diária é considerada uma boa frequência na maioria dos casos.

Consistência

Pode parecer sinônimo do item anterior, mas não é. Por exemplo, sua marca pode ser frequente nas postagens durante 90 dias e parar por aí ou começar a espaçar as publicações. Neste caso, sua estratégia não estará sendo consistente ao longo do tempo, o que é um fator primordial para obter bons resultados nas mídias sociais no longo prazo.

Trata-se de um efeito composto: Se você estiver na direção certa, ao inserir “uma pecinha de cada vez”, todos os dias, no longo prazo, isso tem um efeito cumulativo importante para seu negócio. É claro que no meio do caminho você precisará se reinventar várias e várias vezes e a consistência será sua melhor aliada neste trajeto.

Investimento

Sim! Na maioria dos casos, o alcance orgânico nas mídias sociais tem caído ao longo do tempo. De certa forma, faz parte do jogo, já que estas plataformas ganham dinheiro com publicidade (anúncios) e, ao longo do tempo, reduzem o alcance orgânico como vimos acontecer na maioria delas.

Neste sentido, é preciso entender a importância de ter uma verba para investimento em mídia nestas plataformas, seja para ampliar o potencial de alcance do conteúdo produzido com anúncios ou para atrair novas pessoas interessadas em sua comunicação nestas mídias sociais.

Conclusão

Como vimos, as mídias sociais se tornaram fundamentais para marcas, uma vez que elas detém boa parte da atenção dos consumidores atualmente. Isso vale tanto para o B2C quanto para o B2B, com diferentes estratégias, é verdade.

Dessa forma, entender a natureza das Mídias Sociais e suas amplas possibilidades faz cada vez mais sentido para conseguir obter bons resultados nesse ambiente cada vez mais competitivo.

Para se aprofundar mais em estratégias para obter melhores resultados nestas plataformas, não deixe de conferir nosso Curso de Mídias Sociais. Um curso completo e estratégico para você ganhar relevância com sua marca, se relacionar com seu público e vender mais.

Avatar
Amanda Vitória6 meses atrás

Correção no texto

Não é uma dúvida, só gostaria de dizer que no texto sobre WhatsApp está cortada a palavra "considerado" :)

Envie sua dúvida

Fernando Souza

Consultor e Professor de Marketing Digital, Comunicação e Redes Sociais. Publicitário, Palestrante, Empreteco e Co-Fundador do blog TwitBrasil, atua no mercado digital há mais de 10 anos. Já desenvolveu projetos para: Ticket Edenred, Aprendiz, Fundação Telefônica, Big X Picanha, Julio Okubo, Petronas, Alpargatas, Corinthians, Abril, HSM, Microsoft, entre outras. Ministrou aulas, palestras e workshops para: Abbott, PUC-SP, FEA-USP, FIA, FMU, USCS, Trevisan, Sincor, FACESM, SPDS, Escola São Paulo, Faculdade Rio Branco, Anhembi Morumbi, Business School São Paulo, ESALQ-USP, etc.
Reproduzir vídeo

Curso Mídias Sociais

4.6
4.6/5

(8 avaliações)

No Curso de Mídias Sociais Online da Mirago você vai entender como analisar, planejar, executar e monitorar estratégias de Social Media. Inscreva-se agora!

Você deve concluir pelo menos 50% do curso para avaliá-lo.

Exclusivo para Assinantes

Tenha acesso ilimitado aos cursos, materiais, certificados, fóruns de dúvidas e muito mais.