Em uma ameaça direta ao LinkedIn, o gigante das redes sociais Facebook está testando uma aba de trabalho em suas páginas de negócios.

Um porta-voz do Facebook disse ao site TechCrunch o seguinte: “Com base no comportamento que temos visto no Facebook, onde muitas pequenas empresas postam sobre suas aberturas de vaga de trabalho em sua página, estamos fazendo um teste para administradores de página criarem ofertas de trabalho e receber candidaturas de profissionais.”

O novo recurso não é apenas uma ameaça ao LinkedIn, mas os desenvolvedores do Facebook estão construindo aplicações de “trabalhos” que as empresas podem embutir em suas páginas do Facebook.

Recursos especiais para as empresas

O novo recurso pode ajudar as empresas a direcionar o tráfego para sua página no Facebook para além de comercializar os seus produtos no feed de notícias, acrescentou o relatório. As ofertas de trabalho também irão aparecer em uma guia Trabalhos da página, criando um lugar onde as empresas podem enviar os candidatos a emprego.

As postagens de emprego irão incluir um botão “Aplicar Agora”, ajudando os candidatos a emprego a se aplicar rapidamente a vários empregos sem digitar informações redundantes. As candidaturas apresentadas serão recebidas pela página como uma mensagem de Facebook.

O LinkedIn tem hoje 467 milhões de membros em comparação com 1,79 bilhões de usuários do Facebook.