O Pinterest tem provado seu poder como um espaço eficaz para se conectar com seu público. E muitas marcas estão considerando a possibilidade de que precisam dar um empurrão em suas vendas com a utilização dessa plataforma. Você é uma delas? Se sim, está pronto para começar a construir a sua marca no Pinterest?

Veja algumas ideias que podem funcionar para você:

O Pinterest é bom para a sua marca?

Antes de falarmos sobre o crescimento de seu público, uma das questões mais importantes para perguntar para qualquer empresa ou marca é: vale a pena o Pinterest?

Em abril de 2015, o Pinterest tinha 72,8 milhões de usuários, com 85% deles mulheres. Na verdade, olhando para as estatísticas, você pode ver porque o Pinterest é uma rede social que a maioria das empresas não podem se dar ao luxo de ignorar.

Aqui estão algumas perguntas que podem ajudar na tomada de decisão:

1. Você já está recebendo o tráfego do Pinterest?

Antes de fazer qualquer outra coisa, vasculhe suas estatísticas de tráfego do Google Analytics e veja se você já está recebendo tráfego do Pinterest.

Uma boa maneira de fazer isso é seguir estes passos:

  1. Faça login na sua conta Google Analytics.
  2. Role para baixo no menu do lado esquerdo e procure a opção intitulada “Aquisição”. Clique nele para abrir um sub-menu.
  3. Selecione “Visão geral”. Você verá um gráfico de pizza detalhando qual porcentagem de seus usuários é proveniente de busca orgânica, Referências, direta, social, etc.
  4. Na lista na parte inferior da página, você verá todas as diferentes fontes de seu tráfego. Clique no social.
  5. Isto irá abrir uma outra lista que vai mostrar, em números, a quantidade de tráfego de referência que você recebeu de cada canal de mídia social no mês. Você vê o Pinterest em algum lugar?

Você pode se surpreender com a quantidade de pessoas que já estão utilizando imagens do seu site ou blog, principalmente se você está no ramo de moda, alimentação e viagem.

2. Você tem elementos visuais para o seu negócio ou você pode criar algum?

O Pinterest traz benefícios óbvios para as empresas que são boas no conteúdo visual, mas você pode encontrar maneiras inovadoras de se comunicar com seu público, mesmo se você está em um negócio que não se traduz diretamente em um meio visual. Compartilhar fotos dos espaços do seu escritório, por exemplo, pode ser uma boa.

3. Quanto você se importa?

Finalmente, se você estiver interessado em usar o meio visual para promover sua marca, você pode ultrapassar todos os obstáculos e gargalos e fazer o seu brilho visual. Boas perguntas a se fazer são: Quanto tempo você passa no Pinterest? Você olha para imagens de outras marcas e tem ideias sobre como fazê-las melhor? Se você respondeu sim a essas perguntas, você deve estar no Pinterest.