A internet desperta interesse e está presente no atual cotidiano de muitos brasileiros, período dividido em redes sociais, grandes portais e blogs. Com isso, muitos jovens ingressantes no mercado de trabalho buscam um lugar ao sol nesse universo chamado Internet com a seguinte indagação:

Como criar um site?

A resposta é simples: Joomla!

O Joomla! é um CMS (Gerenciador de Conteúdo) e um sistema de gestão de sites que permite gerenciar o conteúdo do site de maneira simples e eficaz.

Ele permite que pessoas sem grande conhecimento técnico gerenciarem o conteúdo de seus sites de maneira rápida e eficiente. Foi desenvolvido em código aberto (open source), ou seja, qualquer programador pode fazer melhorias no seu código e devolver para comunidade, nós em São Paulo na Mirago desenvolvemos componentes, desenvolvedores no Rio de Janeiro, Portugal, Inglaterra também criam plugins/componentes e agregam valor ao CMS que mais cresce no Mundo.

Para ficar mais claro, o Joomla! é um sistema pronto como uma casa adquirida na planta. Ela já vem com portas, janelas e paredes mas além de vazia, tudo o que há nela pode ser melhorado. No Joomla! podemos incluir plugins como de compartilhamento em Twitter e Facebook, componentes para administração de galerias de imagens, módulos com slides de fotos e muito mais… O melhor é que o sistema é livre, ou seja, não necessita de licença e é usado sem custos.

Algumas dicas para criação de site com o Joomla!:

Planeje a estrutura do site com um wireframe

Wireframe desenvolvido para a Escola Faz de Conta de Curitiba

No inicio você pode rabiscar a estrutura do site em papel. Mas com a profissionalização deverá aproveitar os benefícios do uso de um programa de wireframe como o Axure, InDesign ou Justinmind. O wireframe auxilia a visualização do cliente e ajuda o webdesigner a pensar a navegação do site antes de colocar a mão na massa no Joomla!

Caso utilize o Axure (recomendado), aproveite bem os “masters” que ficam no canto inferior da esquerda e servem para criação de módulos que serão exibidos em mais de uma página do site (Ex: Topo e Rodapé do site). Dessa forma pode alterá-lo em apenas um local e o efeito será visualizado no wireframe inteiro. O Axure ainda gera um HTML do wireframe e um documento em Word com as especificações de página por página.

Veja a apresentação do Axure:

 

Escolha bem seu template

Depois de definir elementos estruturais e a navegação do site você pode partir para o Template (a roupa do site). O Joomla! têm ampla relação de bons templates disponíveis para download na internet. Segue algumas boas fontes de templates:

Templates Gratuítos – Para quem está iniciando pode ser uma boa, já que não demanda investimento financeiro.
siteground.com
gelono.com
joomlashack.com
joomla-templates.com

Templates Pagos – Ao profundar-se no Joomla! é indicada a utilização de Templates Pagos pois esses oferecerem melhores plugins/módulos e layout mais refinado.
gavick.com
joomlart.com
rockettheme.com
yootheme.com

Um template bem escolhido pode lhe economizar horas! Busque um template com a estrutura parecida a desenvolvida e aprovada em seu wireframe.

Escolha bem plugins, componentes e módulos

extensions.joomla.org – Site com mais de 9.000 extensões para Joomla!

Hoje no site oficial do Joomla! temos 9.254 extensões disponíveis para download (entre gratuitos e pagos). As extesões são divididas em 33 categorias, com certeza você encontre dentre as diversas opções a extensão que precisar e que poderá fazer grande diferença em seu site.

Dentre as extensões mais temos:

  • Allvideos Reloaded – O plugin te possibilita inserir vídeos do Youtube com muita facilidade.
  • Editor JCE – Editor de texto muito parecido com o Word do Pacote Office.
  • Akeeba Backup – Poderoso componente de Backup, te permite desenvolver o site local ou em sua hospedagem e quando concluído transferí-lo a hospedagem do cliente.
  • ChronoForms – Componente de formulário.

Sempre pesquise por extensões no extensions.joomla.org!

Teste todos os links internos e externos do site

Quando desenvolver um site em Joomla!, dê preferência nos links internos a links com Menus. Assim, quando precisar migrar o site os links continuam funcionando. Caso tenha linkado conteúdos com a url do ambiente de teste, teste link por link para evitar erros 404.

Dica: Customize a página de erro 404, assim apesar de se sentir “perdido” em seu site o visitante terá uma boa experiência. Nesse momento vale incluir alguns links importantes nessa página.

Habilite as estatísticas de busca

O componente de “Busca” do Joomla! te possibilita saber quais termos foram buscados em seu site. Isso lhe dá o feedback de quais conteúdos são mais buscados em seu site, essa situação te leva a duas idéias:

  1. Caso já tenha o conteúdo no site, esse conteúdo está muito escondido.
  2. Caso não tenha, pode começar a pensar em inserí-lo pois está sendo buscado.

Altere a descrição padrão do Joomla!

A versão 1.5 do Joomla! vem com uma descrição institucional sobre o Joomla! como demonstração, lembre-se de alterá-la caso utilize essa versão do CMS. Caso não, lembre-se de inserir uma descrição atrativa sobre seu site.

A descrição deve conter 152 caracteres e seu texto deve causar interesse nos visitantes, já que ela será visualizada entre outros tantos resultados na página de pesquisa do Google. Procure resumir o conteúdo disponível no site e conclua a descrição com uma chamada para ação como “Veja mais!”, “Confira”…

Se precisar de mais, conte conosco!

A maioria dos sites desenvolvidos hoje pela Mirago utilizam o Joomla!, ministramos um Curso de Joomla! sempre com a versão mais atualizada do CMS. O curso é voltado a:

  • Web designers
  • Profissionais de marketing e comunicação
  • Jornalistas e redatores
  • Empresários e empreendedores
  • Blogueiros