Sitemap XML: um guia completo para utilizá-lo no SEO

O sitemap XML é uma importante ferramenta no SEO. Por meio dele, os rastreadores (crawlers) conseguem ser mais eficientes e indexar páginas com maior precisão.

Este artigo faz parte do Curso SEO Completo. Para se aprofundar no tema, acesse a página do curso.

Conheça o curso

O que é um sitemap?

O próprio nome já diz: o sitemap é um mapa do site. É um arquivo que contém uma lista de todas as URL’s que devem ser indexadas.

Além de conter todas as URL’s, o sitemap também apresenta informações importantes a respeito de cada URL, como:

  • Atualização: data da última modificação feita no conteúdo daquela URL
  • Frequência: com que frequência seus conteúdos são atualizados
  • Idiomas: versões em idiomas alternativos

O campo prioridade atualmente não é utilizado pelo Google. Não existe problema em manter esse campo em seu sitemap, mas ele não tem uma função específica para o Google.

No momento, o Google não usa o atributo <priority> em sitemaps.Central de ajuda do Search Console

Formatos de Sitemap

Mais conhecido no formato XML, o sitemap também pode ser fornecido em outros formatos como: RSS/mRSS/Atom 1.0, TXT e Google Sites.

XML

Esse é formato mais utilizado na maioria dos casos. Para entender as questões mais técnicas, você pode consultar a documentação no sitemap.org.

RSS, mRSS e Atom 1.0

Para aqueles que possuem um blog e já tem um feed RSS, você pode cadastrá-lo como seu sitemap. O Google aceita feeds nos formatos RSS 2.0 e Atom 1.0.

O formato mRSS (media RSS) é um formato específico para informar o Google sobre conteúdos no formato vídeo.

TXT

Seu sitemap também pode ser um arquivo simples de texto (sitemap.txt). Neste arquivo devem estar listadas as URLs, uma abaixo da outra e o arquivo deve se encontrar com a codificação UTF-8. Esses são os requisitos para esse formato.

Limitações do sitemap

Você deve se atentar a algumas limitações na hora de criar seu sitemap:

  • Tamanho: o tamanho de um sitemap não pode ultrapassar 50MB (não compactado)
  • Quantidade de URLs: cada sitemap deve conter no máximo 50 mil URLs

Uma boa prática é criar um índice de sitemap. O índice é um sitemap que ao invés de listar URLs, lista o endereço de outros sitemaps. Dessa forma você cadastra apenas o endereço do índice no Search Console e ele encontrará os demais sitemaps. Como exemplo, você pode dar uma olhada no índice de sitemaps da Mirago em mirago.com.br/sitemap_index.xml

Vantagens de utilizar um Sitemap XML

Ter um sitemap e cadastrá-lo no Search Console traz muitos benefícios. Quando você não utiliza o sitemap, basicamente você depende dos rastreadores para seguirem os links das suas páginas e encontrar novas URLs.

Ao trabalhar com um sitemap, você ajuda o Google/Bing/Ask e buscadores em geral a serem mais eficientes. Estas são algumas vantagens de utilizar o sitemap:

  • Rastreamento inteligente: uma das árduas tarefas de um buscador, como o Google, é descobrir novas URLs para indexar. Uma vez que ele tem acesso ao sitemap do seu site, essa tarefa fica muito mais fácil e menos dependente dos crawlers (rastreadores) seguirem os links do seu site para descobrir novas páginas.
  • Categorização: é possível separar e categorizar seus conteúdos nos sitemaps. Isso possibilita que se dê mais prioridade para as páginas mais importantes.
  • Modificações e atualizações: manter seu conteúdo sempre atualizado é crucial para manter boas posições na busca orgânica. Com o sitemap é fácil informar aos buscadores quando foi a última vez que o conteúdo foi atualizado.
  • É rápido e gratuito: apesar do nome, que pode intimidar algumas pessoas, gerar um Sitemap XML é uma tarefa simples, rápida e gratuita.

Como gerar um sitemap?

Gerar um sitemap é uma tarefa simples na maioria dos casos. Se você possui um site em WordPress ou algum outro CMS (Content Management System), por exemplo, essa é uma tarefa que vai levar poucos minutos.

WordPress

Você pode criar um sitemap XML no WordPress de várias maneiras. A maioria delas inclui instalar um plugin. Os 2 mais utilizados para essa tarefa são o Yoast SEO e o Google XML Sitemaps.

Joomla

Se você utiliza o Joomla, você pode optar por utilizar a extensão jSitemap. É uma extensão bem simples de instalar e configurar e já resolve as necessidades gerais.

Wix

Se você utiliza o Wix, pode seguir estes passos para gerar e cadastrar seu sitemap XML.

Não utilizo um CMS

Se você não utiliza nenhum CMS, você pode optar por uma das opções abaixo:

  • Solicitar ao desenvolvedor: se você contratou um desenvolvedor para criar seu site e ele não utilizou nenhum CMS, você pode pedir para ele desenvolver esse recurso para você. O importante é que o sitemap siga as especificações dessa documentação.
  • Utilizar um gerador de sitemap: existem algumas ferramentas que utilizam mecanismos externos ao seu site para gerar seu sitemap. No geral, tendem a ser rastreadores que vasculham os links do seu site em busca de todas as URLs e as cadastram num sitemap. Algumas ferramentas conhecidas: XML Sitemaps Generator e Online XML Sitemap Generator.
  • Começar a utilizar um CMS: você pode começar a utilizar o WordPress, que é uma excelente plataforma para gerenciar seu conteúdo.

Cadastrando o sitemap XML no Search Console

Uma vez criado, o importante é que seu sitemap XML se mantenha sempre atualizado. Isso significa que toda vez que criar uma URL nova no seu site, seu sitemap deve ser atualizado e incluir esse novo endereço.

Se você está utilizando um CMS, fique tranquilo porque a maioria das soluções já faz isso por padrão.

Com o endereço do XML em mãos, basta cadastrar seu sitemap no Search Console.

Professor
Dúvidas
Avatar
Roseny Fernandes PRO4 dias atrás

COMO INDEXAR LINKS DO BLOG NO GOOGLE

Escrevo com frequencia no blog da empresa e envio para uma pessoa de SEO esses links para fazer indexação no google, quero saber como faço para eu mesma fazer essas indexações?

nilson
Nilson Machado3 semanas atrás

Sitemap para unir subdominios

Olá, é correto e possível fazer um sitemap para unir por exemplo "dominio.com.br" com "blog.dominio.com.br" e "sistema.dominio.com.br"... ?
Considerando que o cliente, por questões internas, não pode adotar outra alternativa.
Agradeço desde já.

Avatar
Sandro Oliveira PRO2 meses atrás

Search Console

No caso do Google search console quando você cadastra o seu site nesse aplicativo do Google ele já fez esse processo de indexação, né? Não precisamos fazer esse processo que menciona acima. Estou certa?

Avatar
Felix Benito1 ano atrás

Como subir o sitemap para o Google

Não consegui fazer o upload para o Google. Poderia descrever os passos, por favor?

Envie sua dúvida

Você deve concluir pelo menos 50% do curso para avaliá-lo.

Exclusivo para Assinantes

Comece Gratuitamente

Crie sua conta Grátis e tenha acesso aos cursos ao vivo e muito mais.

Seja um Assinante

Tenha acesso ilimitado aos cursos, materiais, certificados e muito mais.

Utilizamos seus dados para oferecer uma experiência mais relevante ao analisar e personalizar conteúdos e anúncios em nossa plataforma e em serviços de terceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Mirago a coletar estes dados e utiliza-los para estes fins. Consulte nossa Política de Privacidade em caso de dúvidas.