O Google começou o mês de outubro com uma novidade: o Google Tag Manager. A ferramenta veio para facilitar a vida de quem trabalha com tecnologia, desenvolvimento de websites e e-commerces, principalmente o departamento de marketing.

Isso porque o Google Tag Manager foi desenvolvido pensando especificamente nos profissionais de Marketing Online, que precisam de métricas diferentes a cada dia para monitorar o resultado do seu trabalho, criando códigos e inserindo-os nos websites. No entanto, para isso, precisam sempre de uma equipe de TI.

A ideia do Google com este novo produto é que a equipe de marketing não precise mais “perturbar” a equipe de TI para inserir um novo código cada vez que necessite de uma nova métrica para mensurar seus resultados.

Isso porque a ferramenta facilita a inclusão de códigos (tags) no site sem a necessidade de envolvimento de programadores nesta tarefa.  É possível resolver grande parte dos problemas que temos hoje na interface entre agência, cliente, e equipe de TI.

Com apenas um código instalado em todas as páginas do site é possível incluir outros códigos sem precisar requisitar a área de TI para isso, fazendo todo o trabalho a partir de um painel de controle.

Atualmente as ferramentas de monitoramento e publicidade utilizam algum tipo de tag que precisa ser instalada no site e esse processo nem sempre é tão rápido quanto deveria. O Google Tag Manager agiliza esse processo, pois já tem integração com os principais produtos do Google como o Analytics, Adwords, Remarketing e DoubleClick.

Uma facilidade e tanto para os profissionais de Marketing Online e, de quebra, para os de TI.