O marketing digital no e-commerce é mais do que uma forma de atingir seu público consumidor: é a principal forma de escalar suas vendas. Por isso é tão importante entender o que você precisa dos canais de marketing para que seu comércio eletrônico possa crescer. 

Por isso nós preparamos esse artigo com várias dicas de como trabalhar os principais pontos de marketing digital que podem ajudar suas vendas online. 

Vem conferir!

Site do seu negócio

Ao criar a página do seu negócio, é importante já ter em mente como trabalhar o marketing digital no e-commerce. Afinal de contas, práticas como SEO e cliques pagos são essenciais para trazer tráfego para o site e vender. 

Se você não pensa em ter um site próprio para seu negócio, recomendamos cuidado. Vender apenas em marketplaces e através de mídias sociais vai te deixar vulnerável. Se as regras desses locais mudarem subitamente, você pode sair perdendo.

Para fazer um site rápido, se foque em reduzir o número de imagens por página. Aposte em ferramentas para fazer sites que ajudam a se posicionar melhor, como o WordPress.

SEO dos produtos 

É muito importante ter um bom posicionamento dos seus produtos nas pesquisas orgânicas. E para isso, é preciso que as páginas de cada um deles seja pensada com uma lógica SEO. 

Digamos que você venda, por exemplo, cosméticos. Seus clientes vão procurar por “batom 507” ou por “batom vermelho”? Se você não der às páginas de produtos uma chance de aparecer nas pesquisas, você vai estar saindo atrás da concorrência.

Além de cuidar do título, se foque sempre em ter páginas mais leves, que carreguem rápido. Uma redução de dois ou três segundos no tempo de carregamento pode ser tudo que você precisa para vender muito mais.

Reviews

Quer ter ainda mais certeza de que suas páginas de produtos vão gerar vendas? Peça aos clientes que comprarem aquele produto para fazer reviews diretamente na página. Isso vai ajudar a convencer os visitantes que vierem depois a confiarem na sua solução para o problema que possuem.

Carrinhos que ajudem o marketing digital no e-commerce

Na hora de montar seu comércio online, você vai precisar incluir um sistema de compras no seu site. Os chamados “carrinhos de compras” são ferramentas que ajudam no processo de vendas.

Existem carrinhos de vários tipos e para vários usos, mas os melhores são aqueles que têm interfaces que interagem com facilidade aos anúncios de Facebook e Google. Afinal de contas, quanto menos atrito houver entre o anúncio e a compra final, melhor. 

Se você seguir nosso conselho e realizar um site WordPress, nós recomendamos que use o WooCommerce. Esse plugin de carrinho é perfeito para interações com anúncios e posicionamento orgânico. 

Se quiser descobrir como fazer um site de e-commerce usando a combinação do WordPress com o WooCommerce, nós temos um curso perfeito para isso no Plano PRO. 

Trabalhe rich cards dos produtos

Você já pesquisou por um produto no Google e encontrou ele diretamente na primeira página de pesquisa? Com direito a imagem e botão de compra direta? Isso é um snippet de pesquisa chamado rich cards. 

Alguns carrinhos, como o WooCommerce, já ajudam a gerar com mais facilidade os dados que o Google precisa para fazer rich cards dos seus produtos. Caso você não tenha um carrinho que gere rich cards, é importante que gere eles por conta própria.

Anúncios

As primeiras coisas que muitos empreendedores pensam ao começarem a trabalhar vendas são os anúncios. Isso acontece porque é muito importante fazer seu produto aparecer para o consumidor. 

O problema é que muitos empreendedores não pensam em como os diferentes anúncios funcionam. Se quiser ter sucesso ao fazer marketing digital no e-commerce, você deve entender qual tipo de anúncio vai dar mais resultados. 

Facebook Ads e Instagram Ads

Os anúncios em redes sociais tem o papel de direcionar produtos para possíveis consumidores que não o conhecem ainda. Se seus produtos não possuem uma demanda ativa, então você a cria.

As mídias sociais são onde o público está, então é lá que você vai em busca de demanda. Para fazer isso corretamente, trace o perfil do seu cliente ideal e segmente bem os anúncios. Realize testes e continue a procurar forma de melhorar seus resultados. 

Google Ads

O Google Ads não é uma solução única, contando com duas modalidades muito úteis:

  • Rede de Pesquisa – servem para atingir públicos que já possuem demanda e procuram ativamente pelo que você oferece;
  • Rede Display – anúncios em sites parceiros ou no YouTube, funcionam como os anúncios nas mídias sociais, ajudando a criar demanda.

Se o seu produto soluciona um problema do qual o cliente provavelmente já tem conhecimento, aposte em anúncios na pesquisa. Por exemplo: se você oferece produtos de saúde, com toda certeza seu público está ativamente procurando por ele.

Agora, se você vende salgadinhos orgânicos, talvez seja mais interessante ter um foco no Display. 

Apesar disso, é importante ressaltar que praticamente qualquer tipo de produto pode se beneficiar das duas modalidades de anúncio. Apenas descubra qual delas é mais positiva para ter como foco. 

Remarketing

Você já ouviu falar em fazer anúncios focados em quem abandonou carrinhos de compra? A ideia de oferecer um pequeno desconto ou vantagem se o cliente retornar e fechar o negócio costuma melhorar muito seus resultados.

Essa é uma das formas de se usar remarketing no seu e-commerce. A ideia é fazer anúncios e manda e-mails para clientes que já deram informações sobre quem são e no que estão interessados. Dessa forma você consegue se manter sempre na memória ativa da pessoa. 

O remarketing é uma das ferramentas mais importantes para e-commerce. Ele ajuda a aumentar o Life-time Value (quantidade total que o cliente gasta com você ao longo de sua vida). Isso acontece de várias formas:

  • Enviando anúncios de novos produtos a clientes que já fecharam seus produtos-isca;
  • Convencer clientes a retornar para fechar carrinhos abandonados;
  • Oferecendo produtos de consumo para clientes que possuem demandas regulares;
  • E muito mais.

E-mail marketing

Todos os anos alguém afirma que o e-mail marketing vai morrer. E todos os anos ele continua sendo uma importante ferramenta do marketing digital no e-commerce

Afinal de contas, o e-mail é a melhor forma de enviar mensagens para todo o seu público. Não existe um intermediário que barre a mensagem ou cobre para entregar a todos os destinatários. E por isso o e-mail marketing é a principal ferramenta de relacionamento dos E-Commerce.

Se você é cliente regular de alguma das principais lojas online do país, com certeza recebe regularmente contatos por e-mail. Isso pode ser feito de forma pouco invasiva.

O e-mail marketing não deve ser usado apenas para oferecer produtos ou corre o risco de perder eficiência. Mantenha uma conversa própria usando o correio eletrônico, automatizando pedidos para reviews do produto e oferecendo dicas de uso, manutenção e outras questões sobre seu produto. 

CRM no marketing digital para e-commerce

Se você quer escalar suas vendas, precisa pensar desde cedo na utilidade de um CRM para quem faz marketing digital no e-commerce. 

CRM é a sigla de Customer Relationship Management. Este é o nome dado a aplicativos que ajudam a manter informações sobre cada um dos seus clientes e sobre as suas interações com eles.

As utilidades de um CRM para o e-commerce são praticamente infinitas. Citando apenas algumas das principais ao se pensar em escalar sua operação:

  • Manter o controle sobre o que cada cliente já comprou no passado;
  • Ter uma base de dados para trabalhar estatísticas dos seus clientes;
  • Ter informações sobre como o cliente está interagindo com seus canais de comunicação;
  • Manter um controle sobre quais leads estão prontos para serem trabalhados em uma venda, caso a Jornada do Comprador do seu produto seja mais longa;
  • E muitas outras questões importantes.

Existem muitas opções de CRMs, cada um com suas vantagens. Você pode começar gratuitamente, por exemplo, com o Hubspot ou o Zoho

Caso a sua operação cresça em número de clientes e leads a ponto de precisar de mais contatos, então você não terá problema em pagar os valores dos pacotes pagos de serviços. 

Cursos de Marketing Digital no E-Commerce

É muito importante que você estude o setor onde está investindo. A maior parte dos cursos na área fornece várias dicas de como usar marketing digital no e-commerce. 

Se você se interessa por aprender mais na área, o curso de E-Commerce da Mirago pode te interessar. Caso contrário, você pode começar fazendo nosso curso gratuito de Marketing Digital, que serve de porta de entrada no assunto.