O networking é essencial para qualquer profissional de comunicação. Para quem trabalha com marketing digital, isso é ainda mais verdade. Mas falar é mais fácil do que fazer. Como conseguir criar uma rede eficiente de contatos que possa ajudar sua carreira e negócios?

Esse artigo é pra você que quer melhorar sua rede de contatos, aumentar o número de amigos e conhecidos no setor e se transformar numa referência. A seguir, listamos algumas dicas de como melhorar sua conexões.

Vem conferir!

1. Faça um inventário do seus conhecidos

Networking é uma coisa que você vem fazendo a sua vida inteira, mesmo que sem ter isso em mente. Com toda certeza você tem amigos, conhecidos, familiares e outras pessoas com as quais mantém contato. 

Comece o seu processo de networking transformando os seus conhecidos iniciais em uma base para o resto do trabalho. Para isso, basta sentar em casa com um papel e um lápis e listar:

  • Quem você conhece que trabalha no mesmo setor que você;
  • Quem são seus conhecidos que trabalham em áreas relacionadas;
  • Quem você conhece que mora em outras cidades;
  • Quem você conhece pouco profissionalmente e gostaria de ter maior proximidade;
  • Quem você conhece que pode te apresentar novas pessoas em áreas que te interessam.

Não liste apenas o nome: tente reunir de memória mais informações. Marque de onde conhece a pessoa, se já a ajudou, se ela já te ajudou e quais interesses comuns você sabe existirem entre vocês. 

Com essas informações em mãos, é mais fácil começar a construir oportunidades para melhorar seu network. 

Comece fortalecendo sua proximidade com pessoas interessantes para seus negócios ou carreira. Isso pode ser feito com um convite para um café, uma conversa sobre interesses comuns ou outras formas de manter o contato mais próximo.

Eventualmente, essas pessoas podem te ajudar a conhecer novos contatos. E isso é o que vai fazer a sua rede crescer de verdade.

2. Seja uma pessoa lembrável

O seu esforço de networking não vai adiantar nada se você não for lembrado pelas pessoas que conhecer. Por isso é importante ser lembrado de forma positiva. 

A primeira dica é não se aproximar de ninguém, mesmo através de amigos, falando diretamente de negócios e carreira. É mais interessante estabelecer o canal de comunicação antes de chegar nesse ponto.

Para começar, é importante ter sempre um cartão à disposição. Dessa forma você vai conseguir se apresentar às pessoas de forma mais eficiente, entregando mais informações de uma vez. O cartão também ajuda a ser lembrado posteriormente. 

Além disso, se você se aproximar de uma pessoa com muito conhecimento de mercado, é interessante começar com uma pergunta, mesmo que de algo que você já tem domínio. Depois você pode fazer comentários pertinentes, cimentando na memória da pessoa que você entende o assunto. Isso começa a estabelecer um interesse comum. 

Seja um bom ouvinte. Se você ficar interrompendo ou monopolizar a conversa vai deixar uma péssima primeira impressão. Ouça e espere sua vez de falar. Quando ela chegar, faça comentários relacionados ao que o contato disse. Use frases como:

  • “Considerando isso que você disse sobre…”;
  • “É como você disse…”;
  • “Eu concordo com isso que você falou sobre…”

E outras que demonstram que você realmente estava ouvindo. 

Por fim, é importante estabelecer uma sequência. Termine a conversa com um convite para um café, combinando de ajudar a pessoa com um problema que ela apresentou ou algum acordo que estabeleça uma decisão de manter o contato fortalecido. 

3. Networking também é entregar valor

Pare e pense: com quem você deseja fazer networking? Os profissionais que você quer na sua rede de contatos são aqueles que têm algo a oferecer. Agora outra pergunta: o que faz as pessoas querer ter contato com você?

É importante que seja interessante para as pessoas terem você entre seus contatos. Se as pessoas quiserem sua ajuda ou acompanhar o que você diz nas redes sociais ficará mais fácil criar uma rede. Por isso é importante que você sempre tenha um valor para entregar.

Esse valor está intimamente ligado ao que você faz e sabe. Se você tem muito conhecimento e experiência em algo, distribua isso. Se você tem uma personalidade magnética, use isso para atrair pessoas. Jogue com suas principais ferramentas, produza conteúdo e melhore a vida das suas conexões. 

4. Vá a eventos

Se você quer ter uma vasta rede de contatos, precisa gerar oportunidades. E isso acontece principalmente em eventos. Marque a sua presença em palestras, grandes encontros, eventos de setor e outros. 

Isso pode parecer um pouco complicado para começar, já que envolve investimento financeiro e tempo. Mas os retornos são enormes. Se a cada evento que você for fizer dois ou três novos contatos, logo terá uma base mais estruturada. O passo seguinte é aproveitar esses contatos para conseguir outros através de encontros. 

Quando for a eventos, se prepare para conversar com as pessoas que sabe que estarão lá. Por exemplo: quer ser contato de um palestrante? Então pesquise sobre ele antes, acrescente-o no LinkedIn antecipadamente e se prepare para uma conversa. 

Quando tiver 5 minutos para apertar a mão do contato que deseja estabelecer, faça o tempo valer. Essa preparação vale para qualquer evento.

5. Ajude outras pessoas no networking

Você conhece duas pessoas que poderiam tirar proveito de conhecerem uma à outra? Então apresente-as. Isso também é uma vitória para você: é uma forma de entrega de valor e ainda por cima, se algo de bom sair dali você se torna co-autor. 

Vamos imaginar uma situação: dois conhecidos seus estão montando agência, mas gostariam de ter um sócio. Se você apresentá-los e a sociedade acontecer, você não só será lembrado como a pessoa que facilitou o empreendimento como pode conseguir novos contatos. 

Ser lembrado como alguém que aproxima contatos é uma ótima forma de fazer com que outros queiram se conectar a você. Quem quiser ter uma oportunidade para fazer novos contatos irá querer sua ajuda. E dessa forma, você vai conseguir fazer conexões com menos esforço. 

6. Networking no LinkedIn

Se você ainda não tem uma conta no LinkedIn, então precisa criar uma agora mesmo. O LinkedIn é a rede social perfeita para criar uma rede de conexões. Por isso é importante também aprender a tirar o máximo proveito dela.

É muito comum que as pessoas aceitem os convites na rede social sem pesquisar sobre quem está acrescentando. A dica aqui é simples: abra os perfis e descubra mais sobre a pessoa e como ela pode te ajudar. Talvez ela tenha contatos interessantes. Talvez ela possa te ajudar a adquirir conhecimentos. Faça isso contar. 

Outra coisa muito importante do LinkedIn é tirar proveito dos lembretes da plataforma. Conforme seus contatos forem promovidos, conseguirem novos empregos ou fizerem aniversário, a rede social irá te lembrar disso. Aproveite esse momento para mantar um parabéns e fazer a pessoa lembrar de você. 

Produza também conteúdo. O LinkedIn também é uma excelente rede para entregar valor, como dissemos acima, e também ajuda no seu marketing pessoal!

7. Trabalhe seu marketing pessoal

Existem dois momentos do seu marketing pessoal: nas redes sociais e no contato pessoal.

Nas redes sociais, você provavelmente irá querer trabalhar sua imagem de forma a valorizar o que você já fez ou faz. Isso pode ser feito de diversas formas. 

A melhor delas é apresentá-las como cases de sucesso. Explique como você alcançou um resultado ao invés de apenas exibir o que alcançou. Sua imagem precisa ser mais sobre o que você faz e menos sobre o que você quer parecer.

Isso porque a segunda parte do networking é o contato pessoal. Se a sua imagem real destoar demais da imagem das redes sociais, provavelmente isso será encarado como uma decepção. 

É preciso trabalhar uma imagem real e honesta sobre quem você é e seu papel no mercado. Mas não precisa se preocupar se você está no princípio de uma carreira ou acredita que não tem conhecimentos de ponta: fale aquilo que você considera relevante e acredita que pode fazer a diferença.

Conta para mim nos comentário: como você trabalha sua imagem profissional nas redes sociais?