As soft skills ou competências comportamentais são habilidades que envolvem a sua relação com outras pessoas e consigo mesmo em diferentes aspectos cotidianos.

As soft skills estão muito em alta no ambiente profissional, pois as empresas cada vez mais entendem que estas habilidades são capazes de formar pessoas e profissionais mais bem preparadas para os desafios constantes na carreira.

Soft Skills X Hard Skills

Qual é a diferença entre as soft skills e as hard skills? Como vimos, as soft skills são habilidades comportamentais, portanto, tendem a ser mais subjetivas e mais difíceis de serem mensuradas, diferentemente das hard skills (ou competências técnicas).

Algumas Hard Skills bem comuns:

  • Formação (graduação, pós-graduação)
  • Fluência em língua estrangeira
  • Cursos Técnicos
  • Mestrado, Doutorado
  • Habilidades em linguagens de programação ou softwares específicos

Por muito tempo, o departamento de RH das empresas deu muito foco nas hard skills e pouco (ou nenhum) foco nas soft skills ao contratar novas pessoas. Mas isso mudou. Com a evolução na competitividade do mercado de trabalho e novos métodos de estudo e análise de performance de indivíduos e equipes, o RH das empresas passou a dar outro peso às soft skills na avaliação de candidatos.

Soft Skills

Como vimos, as soft skills são competências comportamentais que possuem maior subjetividade num processo de avaliação. No entanto, mesmo sendo mais subjetivas, elas se tornaram fundamentais em processos seletivos em grande parte das empresas pois notou-se que as competências técnicas ajudam até certo ponto na evolução da carreira e dos desafios propostos.

Afinal, uma pessoa com excelente currículo técnico mas com dificuldades de trabalhar em equipe e com baixo nível de colaboração, pode não ser adequada para grande parte das empresas.

Vamos ver alguns exemplos de soft skills?

  • Inteligência Emocional
  • Proatividade
  • Resolução de conflitos
  • Senso de liderança
  • Colaboração

Estes são alguns exemplos, embora existam várias outras competências comportamentais altamente valorizadas pelo mercado.

A boa notícia é que você e eu podemos aperfeiçoar nossas soft skills com o tempo. No entanto, verdade seja dita: desenvolver estas competências comportamentais exigem um grande esforço consciente e clareza do que é necessário focar. E é por isso que este texto foi escrito: para te dar um “norte” de qual caminho seguir ao se desenvolver para o mercado de marketing digital.

Soft Skills no Mercado de Marketing Digital

Assim como em vários outros mercados, as soft skills tem sido cada vez mais valorizadas no ambiente de Marketing Digital. Sendo assim, trouxemos aqui cinco habilidades comportamentais que consideramos essenciais para qualquer profissional que deseja trabalhar na área. Vamos a elas?

1. Empatia

Marketing é sobre pessoas. São as pessoas com seus desejos, medos, necessidades que formam o mercado e se relacionam com marcas. Desta forma, ter a capacidade de se colocar no lugar do outro é fundamental para quem deseja crescer nesta área.

A empatia, como toda soft skill, é difícil de ser mensurada. Não existe nenhum teste ou prova que seja capaz de dizer o quanto uma pessoa é (ou não) empática.

Como desenvolver esta habilidade: Separamos aqui duas dicas básicas mas que te ajudarão a desenvolver mais empatia pelo outro:

1.1. Escuta Ativa

Esta habilidade parece ser muito simples, mas não se engane. Não é. A capacidade de ouvir atentamente o outro e entender o que a pessoa está querendo dizer (e sentindo) é algo essencial para os profissionais de marketing.

É muito comum que nós escutemos superficialmente o que a outra pessoa está nos dizendo. Enquanto o outro fala nós geralmente estamos pensando no que iremos falar em seguida ou como vamos responder sem que a outra pessoa tenha finalizado seu raciocínio (quando não interrompemos o outro).

O desenvolvimento de uma escuta ativa vai te ajudar profundamente nas relações com clientes e parceiros de trabalho. Uma escuta ativa te ajuda a pensar, negociar e até vender melhor.

Esta competência é especialmente útil em pesquisas qualitativas em que os profissionais de marketing interagem diretamente com clientes e prospects para entender a fundo suas necessidades.

1.2. Evite fazer julgamentos

Outro ponto para desenvolver sua empatia é evitar julgamentos sobre ações e atitudes das outras pessoas. Por que? Isso porque nós julgamos as pessoas e situações à nossa volta de acordo com nosso olhar. Todas as nossas vivências e experiências servem como uma lente pela qual enxergamos o mundo. Portanto, ao julgar pessoas e situações, você, automaticamente, está tendo um olhar míope sobre o todo.

Existe uma frase que gosto muito que diz mais ou menos o seguinte: “Cada pessoa que cruza o seu caminho está enfrentando batalhas que você não sabe nada a respeito.”, portanto, evite julgar pessoas e situações com suas lentes.

Este é outro ponto que é mais fácil dizer do que fazer, no entanto, apenas ter a consciência deste fato, poderá te ajudar a fazer menos julgamentos e abrir sua mente para o novo.

Ao conversar com clientes e ouvir suas angústias, receios, preocupações e desejos é importante que você desenvolva esta característica para que consiga entender a fundo suas razões e sentimentos ao tomarem determinadas decisões. Embora não seja tão simples, é possível desenvolver este lado.

2. Colaboração (Trabalho em Equipe)

É sempre bom lembrar: Você não é uma ilha. É muito provável que o bom resultado de seu trabalho dependerá de outras pessoas e vice-versa, portanto, é essencial entender o papel que a colaboração pode exercer em sua carreira. Ao desenvolver esta soft skill, você terá melhores condições e oportunidades de crescimento ao longo dos anos em qualquer time ou empresa que atuar.

Entender seu papel no time e colaborar com ele é um ponto importante e que deve ser desenvolvido. De certa forma, isso passa por algumas coisas que já falamos já que a empatia, a escuta ativa e o ato de não julgar, automaticamente te ajudarão a lidar melhor com seus pares.

3. Comunicação Eficaz (Oral e Escrita)

Todo profissional de marketing sabe da importância da comunicação. No entanto, existe uma lacuna muito grande entre saber que algo é importante e executar bem este algo. E quando falamos em comunicação, estamos falando em:

  • Comunicação entre você e seu time
  • Comunicação entre você e a sua liderança
  • Comunicação entre você e outros departamentos da empresa
  • Comunicação entre você e o cliente. 
  • Comunicação entre você e outras empresas, entidades e pessoas que se relacionam com sua empresa

Como já vimos, essa também é uma soft skill que pode ser treinada e aperfeiçoada ao longo do tempo. A própria jornada profissional irá te ajudar a perceber possíveis falhas de comunicação que você teve aqui e acolá (é importante estar atento(a) a isso para perceber).

O fato é que, tanto na área de marketing digital como em qualquer outro ambiente profissional, a clareza na comunicação te ajudará a ter melhores resultados na carreira. E isto é válido tanto para a comunicação oral (e corporal) quanto para a escrita. 

A boa notícia é que você pode treinar e melhorar esta competência. Existem muitos cursos na área de comunicação empresarial e oratória em que você poderá aperfeiçoar sua habilidade na área. Além dos cursos, é importante que você se coloque em situações que permitam treinar, na prática, esta habilidade como em reuniões, apresentações, palestras, dentre outras atividades.

4. Negociação

Outra soft skill essencial para o profissional de marketing digital é a negociação, pois em seu dia a dia terá o desafio de lidar com vários departamentos diferentes, como vendas, TI, financeiro, produto, suporte (ou customer success), entre outros.

Nestas relações interdepartamentais naturalmente ocorrerão negociações entre as áreas. Um exemplo clássico é marketing e vendas: ambos os departamentos podem acordar um certo grau de entrega de ambas as partes (ex. quantidade de leads qualificados e vendas realizadas, entre marketing e vendas, respectivamente, por exemplo). Também chamado de SLA (Service Level Agreement, ou acordo de nível de serviço) é algo muito comum e que exigirá negociação entre os profissionais dessas áreas.

Outra relação bastante comum é a negociação de novas funcionalidades e prazos entre os departamentos de marketing e TI. Novamente a capacidade de negociar será fundamental para que os profissionais consigam o apoio dessa área tão importante para avançar projetos de marketing.

Além da negociação entre departamentos, outros tipos comuns de negociação são:

  • Negociação de orçamentos
  • Alocação de profissionais entre times
  • Negociação com pessoas do mesmo time
  • E assim por diante

Novamente a boa notícia é que você tem totais condições de aperfeiçoar sua capacidade de negociação, não importa o quão inexperiente seja na área. Você encontrará uma infinidade de cursos, livros e materiais na internet falando sobre o tema. Estude e se exponha a situações em que exijam capacidade de negociação para aperfeiçoar esta importante soft skill.

Uma dica: um bom livro para começar a estudar sobre o tema é: Como Chegar ao Sim, de William Ury. Vale a leitura

5. Flexibilidade

O ambiente competitivo muda muito rapidamente, não é nenhuma novidade. E essa constatação exige profissionais cada vez mais versáteis e flexíveis que sejam capazes de lidar com os desafios dessas mudanças cada vez mais velozes. No marketing digital não é diferente. Aliás, esta é uma área em que as coisas, geralmente, mudam muito em pouco tempo.

É preciso aprender a navegar neste oceano instável e, novamente, a boa notícia é que é possível aperfeiçoar esta soft skill. A flexibilidade se dá tanto em relação às mudanças de mercado, mas também na:

  • Flexibilidade entre os membros do time
  • Flexibilidade entre os departamentos da empresa
  • Flexibilidade entre você e sua liderança
  • Flexibilidade nos orçamentos disponíveis aos projetos
  • E assim por diante

Se você pretende atuar em marketing digital, saiba que esta será uma competência comportamental bastante exigida. Se você já atua na área, provavelmente sabe bem do que estou falando. Portanto, de uma forma ou de outra, o importante é nos esforçarmos para que a flexibilidade se torne uma soft skill cada vez mais natural em nosso ambiente de trabalho e nos ajude a lidar com os desafios e mudanças impostas.

Concluindo

Investir em soft skills é cada vez mais importante para o seu crescimento e futuro profissional. Neste artigo citamos cinco delas que consideramos essenciais aos profissionais de marketing digital, mas certamente, existem outras muito importantes.

Agora gostaria de saber de você: em sua visão, faltou alguma soft skill que você considera essencial e não está nesta lista? Deixe nos comentários, adoraria ouvir sua opinião.