Fazer um orçamento de Marketing Digital é complexo principalmente porque a maioria das pessoas não sabe por onde começar. Mas uma vez que você sabe o caminho, se torna algo de rotina.

Ainda assim, é muito importante acertar o orçamento de Marketing Digital. Isso porque ele é a espinha dorsal da sua operação financeira. Dá pra dizer que o orçamento de marketing digital é como se fosse o seu investimento para gerar lucros na internet.

Quer aprender a fazer um orçamento de Marketing Digital do jeito certo? Então vem com a gente.

Definindo os objetivos do orçamento de Marketing Digital

Para começar a pensar em dinheiro é importante saber para que vai servir seu orçamento. E isso não significa saber que ele vai para anúncios, produção de conteúdo, SEO e outros veículos de atração de clientes.

Saber o que você quer com seu orçamento de Marketing Digital significa determinar onde você quer chegar. Anúncios e outros canais de comunicação são o caminho que você vai traçar para esse destino. Mas o objetivo em si é um resultado concreto.

Um exemplo de objetivo a ser traçado é aumentar a sua audiência. Isso significa que você vai concentrar seus gastos em ferramentas que irão atrair pessoas que ainda não sabem sobre seu conteúdo. Outro objetivo é aumentar o número de leads de uma determinada buyer persona.

Cada objetivo traçado vai influenciar seu orçamento. Se seu objetivo é conquistar 2 mil novos leads de uma persona, os canais que serão utilizados para isso e o gasto que cada um deles representa vão determinar o orçamento necessário.

É importante ter objetivos específico baseados em números, que representam o que deve ser feito. Só assim você vai conseguir alcançar um valor objetivo para apresentar.

Não é à toa que se recomenda que o objetivo seja a primeira coisa numa apresentação de planejamento de marketing. Também não é sem razão que o orçamento costuma ser a última coisa apresentada.

Se você precisa apresentar um planejamento com objetivos, orçamento e outras questões, nós temos um modelo de apresentação pronto para você. Baixe no formulário abaixo e preencha.

Template Modelo de Apresentação de Planejamento

Uma base para você apresentar seu projeto de futuro para clientes, colegas ou superiores. Explique seus conceitos com clareza. Esse modelo também pode te ajudar a procurar furos no seu projeto, já que ele prevê as informações que serão explicadas.

Respeite o momento da empresa

Na hora de traçar os objetivos é preciso ser realista e respeitar o momento da sua empresa. Isso porque apesar dos objetivos traçarem o orçamento, é preciso que o número final esteja de acordo com a realidade da empresa.

Digamos, por exemplo, que sua empresa está ainda começando e não tem muito dinheiro para investir. Nesse caso, o orçamento de Marketing Digital precisará ser reduzido.

O ideal nessa situação é decidir por um investimento focado em menos canais. Se você decidir pulverizar a sua verba entre várias formas de atrair clientes, dificilmente alguma delas será efetiva e mostrará resultados.

Da mesma forma, é preciso entender quando é hora de ingressar em novos canais ou fazer aportes maiores. Isso varia de acordo com o momento do seu negócio.

Custos: a base do orçamento de Marketing Digital

A base de realizar um orçamento é saber quanto será gasto com cada um dos elementos envolvidos. Por isso é importante determinar os custos.

Digamos, por exemplo, que você quer determinar o seu orçamento para aquisição de 2 mil leads. O primeiro passo é descobrir quanto é gasto com cada lead. Se o seu custo por lead for de R$1,50, então seu orçamento será pelo menos de 3 mil reais.

Para começar o processo, você deve determinar seus gastos você vai ter que determinar o Custo por Lead e o Custo por Aquisição (CAC).

O Custo por Lead é um número baseado em quanto você gasta para a entrada de pessoas na sua base de leads. Isso envolve saber quanto você precisa colocar, por exemplo, em anúncios na pesquisa do Google para levar pessoas a uma landing page ou com anúncios de formulário do Facebook.

Otimizar seu Custo por Lead é relativamente simples: basta investir mais pesado nos canais que estão dando mais retorno.

Por fim, o Custo por Aquisição de Cliente (CAC) é importante para determinar quanto você gasta diretamente para cada cliente que fecha. Ele envolve alguns dos fatores usados no Custo por Lead, mas envolve também os gastos com a operação comercial. É normal ter CACs mais altos para produtos que tem uma margem de lucro maior ou um preço total grande, como carros.

Verificando e criando seu histórico de gastos

A forma mais básica de determinar os custos para o seu orçamento de Marketing Digital é olhando o seu histórico. É impossível determinar seus custos sem uma base de dados.

Se você não tiver um histórico num determinado canal para poder incluí-lo no cálculo de custos, então precisa gerar esses números. Teste os canais, verifique os retornos e determine quanto cada um precisa de investimento para dar retorno. Nunca invente o número na sua cabeça, sempre parta de algo sólido.

Custos de produção

Além dos custos para aquisição de leads e aquisições, você precisa pensar no quanto vai ter que investir para que seus canais sejam alimentados. Isso pode acontecer de diversas formas.

O importante é você não menosprezar o gasto com a produção. Se você decidir fazer por conta própria, vai estar tendo gastos com seu tempo. Se contratar alguém, precisa ter certeza de que a produção é de qualidade.

Agência

Uma forma muito comum de lidar com a produção de material para seu marketing é a contratação de uma agência. Em geral, a agência tem diversos profissionais especializados. É comum que ela conte ao menos com redatores e designers especializados.

A agência também pode fazer sua estratégia, mas tenha em mente que ela será feita por profissionais que não estão acostumados com o dia a dia da sua operação.

O custo de contratar uma Agência varia muito dependendo da sua cidade e dos serviços contratados. Por isso é importante fazer cotações e verificar se haverá um bom retorno.

Também é interessante saber se a agência vai trabalhar estratégias de marketing que estejam de acordo com seus objetivos. Para isso, é sempre bom ter um profissional generalista contratado na sua empresa que faça a conexão entre ela e a agência.

Contratar profissionais

Outra forma de lidar com os problemas é com a contratação de uma equipe interna. Essa é uma questão própria da sua empresa. Existem muitos pontos vantajosos, como por exemplo a entrega de resultados mais próximos da sua realidade.

O problema na contratação de profissionais é o custo um pouco mais elevado. Por isso essa abordagem raramente será utilizada em empresas de pequeno porte ou que estão começando. Entretanto, ela dá muito retorno para aquelas que atingem um porte médio ou grande.

Para determinar seus gastos com a contratação de uma equipe, comece determinando uma faixa de quanto vai gastar com a equipe. Isso significa olhar as médias de salários das carreiras do Marketing Digital. Por fim, pense no quanto será preciso investir em infra-estrutura e inclua nos custos.

Gastos com tempo pessoal

Se você está começando seu negócio e prefere cuidar do marketing digital por conta própria, também vai ter gastos. Nesse caso, o gasto é com tempo pessoal. Afinal de contas, empreendedores raramente tem muito tempo sobrando.

Pense no tempo que vai gastar com o marketing digital e quanto sua empresa vai deixar de poder contar com você em outros setores por causa disso. Pode até ser que para microempreendedores isso funcione de uma forma mais dinâmica, mas para negócios apenas um pouco maiores isso não fará muito sentido.

Freelas

Outra forma de lidar com a produção de uma parte do seu material de Marketing Digital é contratando freelancers. Esse é uma forma de pagar estritamente pela entrega de conteúdo.

Entretanto, existe um fator complicador: os freelancers são executores, mas não planejadores. Por isso é importante ter ao menos algum conhecimento por conta própria ou um profissional para administrar as estratégias e contratações de freelas.

Medindo os resultados do seu orçamento de Marketing Digital

Não basta determinar o orçamento: é preciso acompanhar se o dinheiro está sendo bem gasto. Você precisa ter retornos, tanto objetivos quanto subjetivos. Avaliar se os investimentos estão sendo justificados é a única forma de ajustar o caminho.

A principal forma de determinar se o seu orçamento de Marketing Digital está sendo bem usado é através do ROI (Return Over Investiment ou Retorno Sobre Investimento). Essa é uma estatística objetiva e muito fácil de calcular.

Para calcular seu ROI, basta você tirar da sua receita o custo e depois dividir o número que obter pelo mesmo custo. O resultado, em geral, será um número percentual. A partir daí, você consegue diagnosticar o resultado dos seus investimentos.

ROI orçamento de marketing digital

O ROI estar negativo é um péssimo sinal. Isso significa que os seus gastos ainda são maiores do que a entrada de valores. Você está perdendo dinheiro com a sua operação.

Quando o ROI for inferior a 1, significa que você está gastando mais do que um real para cada um real ganho, o que é um resultado ainda preocupante. Isso significa que você está tendo que injetar dinheiro para fazer a operação rodar.

O ideal é ter um ROI superior a um. Dessa forma, sua operação de marketing estará se pagando e dando algum lucro. Quanto maior o resultado, melhor.

Entretanto, o retorno também pode vir em formas que não são fáceis de medir com números. O crescimento da autoridade da empresa, o aumento da audiência e sua presença como autoridade podem ser valores que irão demorar para surgir como resultados concretos, mas são importantes para o longo prazo. Leve-os em conta no seu balanço.

Basicamente isso é tudo que você precisa saber para calcular o seu orçamento de Marketing Digital. Agora é só se organizar.

Aproveita também e conta pra gente nos comentários outros tipos de retornos de investimento que não são fáceis de medir com números.