Você já ouviu falar sobre Hard Skills x Soft Skills e sabe qual a diferença entre esses dois termos? Esses tipos de habilidade são fundamentais para todas as áreas da nossa vida, principalmente para o seu desenvolvimento profissional e crescimento de carreira. 

As Hard Skills estão relacionadas às habilidades técnicas e as Soft Skills são aquelas que dizem respeito ao nosso comportamento. Os dois tipos de habilidades podem ser desenvolvidas no decorrer da nossa vida, com base na nossa experiência e personalidade. 

Continue lendo este artigo para descobrir mais detalhes sobre esses termos e a diferença entre Hard Skills x Soft Skills.  

O que são Hard Skills?

As Hard Skills são consideradas as habilidades técnicas de um profissional, aquelas que podem ser mensuradas de alguma forma e facilmente identificadas, estudadas e ensinadas. 

Esse tipo de habilidade pode ser demonstrada em aspectos físicos ou tangíveis e comprovadas por meio de diplomas, certificados, testes práticos, cursos, workshops, treinamentos, entre outros. 

Pela facilidade de serem reconhecidas e, geralmente, serem essenciais para o seu crescimento profissional, as Hard Skills devem constar no currículo. Claro, tudo dependerá das suas atribuições e necessidades da empresa.

No entanto, se você não possui graduação em uma determinada área, por exemplo, isso não significa que você não tenha uma habilidade, podendo ser comprada por meio de testes. Mas, os certificados e diplomas são a forma mais fácil de comprovar que você possui essas habilidades. 

O que são Soft Skills?

Ao contrário das Hard Skills, as Softs Skills são mais difíceis de serem metrificadas e reconhecidas. Elas representam as habilidades sociocomportamentais, relacionadas com diferentes aptidões mentais de um profissional e a forma como ele lida com as emoções, frustrações e desafios enfrentados na sua vida. 

Por não serem capazes de serem medidas por meio de certificados e diplomas, as Soft Skills, são mais complicadas de serem ensinadas e aprendidas, de modo que estão ligadas diretamente com as experiências psicossociais daquela pessoas. 

Sendo assim, as Soft Skills chegam para complementar as qualidades já identificadas naquele profissional, ou seja, todas suas competências técnicas — Hard Skills — quando combinadas com as comportamentais configuram um profissional completo e competente para o mercado de trabalho. 

Esse tipo de habilidade pode ser comprovada em diversas ocasiões, como uma dinâmica em grupo, convivência diária, bate-papo, feedback, entre outras. 

As Softs Skills dificilmente são encontradas em currículos, mas nada impede que elas estejam presentes na sua apresentação para uma entrevista de emprego, por exemplo, ou em uma apresentação sobre si mesmo no seu trabalho. 

No vídeo abaixo, elencamos 5 soft skills que consideramos essenciais para profissionais de marketing digital, confira:

Qual a diferença entre Hard Skills x Soft Skills?

Com base naquilo que foi falado anteriormente, a principal diferença entre as Hard Skills x Soft Skills é a capacidade de comprovar essas competências, sendo a primeira mais fácil e a segunda mais complicada de medir e identificar. 

As Hard Skills, são habilidades que muitas empresas consideram mais relevantes, por serem mais fáceis de constatar, sendo exigidas e priorizadas na maioria dos processos seletivos e dentro do dia a dia corporativo. 

No entanto, essa é uma percepção equivocada, pois as Soft Skills, habilidades comportamentais, nos dias de hoje, são fundamentais para o bom desenvolvimento do profissional e crescimento da empresa. 

Imagine a seguinte situação: ao contratar um candidato para uma vaga na sua equipe, qual o principal requisito que você levaria em consideração no momento da sua escolha entre duas pessoas, as habilidades técnicas ou comportamentais? 

Faça essa reflexão pensando nas necessidades do seu time em geral, o que está faltando para complementar e torná-lo na equipe ideal? Hard Skills ou Soft Skills? Não pense muito, pois a resposta é apenas uma: é essencial que este candidato tenha um pouco das duas habilidades. 

Isso porque, de nada adianta ter um profissional altamente qualificado tecnicamente e não possuir capacidades sociocomportamentais para trabalhar em equipe, por exemplo. 

Sendo assim, por mais que sejam habilidades com características diferentes, elas precisam complementar uma a outra, tendo a medida certa para conquistar uma carreira de sucesso. 

Exemplos das Hard Skills x Soft Skills — Conheça as características

Agora que você já sabe qual a diferença entre as Hard Skills x Soft Skills e suas especificidades, chegou o momento de conhecer alguns exemplos de habilidades correspondentes e como elas são importantes para sua vida profissional. 

Veja a seguir as habilidades técnicas:

Fluência em língua estrangeira

Saber se comunicar, escrever e entender inglês, espanhol, francês ou qualquer outro idioma estrangeiro é considerada uma habilidade técnica, ou seja, uma Hard Skill, pois é facilmente ensinada e aprendida, além de ser encontrada no currículo do candidato. 

Esse tipo de habilidade é muito reconhecida e valorizada no mercado de trabalho, pois traz uma bagagem muito considerável para cargos e empresas que necessitam dessa qualificação para evoluir e conquistar resultados. 

Conhecimento em Marketing Digital

Ter o conhecimento em Marketing Digital também é uma habilidade técnica muito exigida nos dias de hoje para profissionais de marketing e comunicação. Sob o “guarda chuva” de marketing digital existem várias habilidades como: SEO, Mídias Sociais, Tráfego Pago (Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads, TikTok Ads), WordPress, Landing Pages, e muito mais.

Isso porque, num mundo cada vez mais digital e num mercado em constante evolução, este é um tipo de habilidade que o mercado valoriza, afinal, grande parte dos negócios são realizados (ou começam) no ambiente digital.

Por isso, ter essa Hard Skill é fundamental para garantir o seu crescimento profissional e aumentar as chances de crescer na carreira, por exemplo. 

Capacitação em Finanças

Ter capacidade de realizar análises, cálculos e projeções financeiras, seja em uma empresa de serviços, varejo ou até em uma corretora de investimentos, é também considerada uma habilidade técnica. 

Esse é um dos segmentos que estão crescendo cada vez mais no Brasil e no mundo e precisam ser levados em consideração no momento de escolher um curso para se especializar. 

Além disso, a maioria das empresas necessita de um profissional que saiba realizar análises e cálculos financeiros, sejam eles de qualquer finalidade. Sendo assim, é possível ter um bom crescimento na carreira e conquistar um bom cargo nesta área de atuação.

Conheça algumas habilidades comportamentais:

Comunicação interpessoal

Saber se comunicar de maneira clara e assertiva é uma das principais Soft Skills. É por meio dessa habilidade que muitos profissionais conseguem alcançar grandes cargos dentro de uma corporação. 

Se essa é uma das principais qualificações, é possível que você se torne um bom líder e tenha uma equipe alinhada e engajada para obter bons resultados. 

Mas, não é só para garantir grandes cargos que a comunicação interpessoal é importante, ele é fundamental para saber trabalhar em equipe, ter bons parceiros de trabalho, conquistar fornecedores e clientes ideais para o seu negócio. 

Empatia

Ter empatia também é uma das habilidades comportamentais mais valorizadas dentro do universo corporativo. Ela significa que você possui a capacidade de compreender as emoções e o ponto de vista do outro. 

Essa Soft Skill não é considerada um sentimento em si, mas uma habilidade comportamental que nem todos são capazes de demonstrar dentro do ambiente de trabalho, tratando outras pessoas como desprezo ou superioridade, por exemplo. 

A empatia pode ser identificada durante algumas tarefas do dia a dia e em meio a pressão de uma demanda que está em atraso. É nesses momentos que muitas pessoas não conseguem se colocar no lugar do outro, motivando um possível conflito. 

Proatividade

Você é um profissional que demonstra iniciativa durante a rotina corrida? Ou seja, faz mais do que é pago para fazer, realizando tarefas que não foram delegadas a você? Se a resposta for sim, você é uma pessoa proativa. 

Essa também é uma habilidade comportamental, que muitas vezes, não necessita de um impulso de gestores, coordenadores ou líderes para serem realizados, parte da sua própria vontade. 

Sendo assim, ser um profissional proativo é fundamental para desenvolver uma boa visão de futuro, identificando necessidades e antecipando problemas. 

Como desenvolver as Hard Skills x Soft Skills?

Existem diferentes maneiras de desenvolver os dois tipos de habilidades, tudo dependerá do momento em que sua equipe está vivendo e da necessidade daquele profissional, ou seja, quais os pontos fracos que ele precisa desenvolver para se tornar mais qualificado. 

No entanto, é importante ter em mente que, você como gestor da área, precisará do apoio, comprometimento e esforço daquele profissional para que ele consiga adquirir ou melhorar aquelas Hard Skills x Soft Skills, pois se não houver esse trabalho da parte dele, você nunca conseguirá desenvolvê-lo sozinho. 

Veja a seguir algumas formas de aprimorar as habilidades de profissionais, sendo elas técnicas e comportamentais:

Desenvolvendo as Hard Skills

Para desenvolver as Hard Skills de um determinado colaborador, é fundamental que você analise o seu currículo e o sua atuação no dia a dia de trabalho, primeiramente. Veja quais são as qualificações que precisam de maior atenção e qual o seu nível de conhecimento: básico, intermediário ou avançado. 

A partir deste momento, você poderá implementar ações que contribuam para esse desenvolvimento, de modo que tenha um crescimento contínuo, podendo vir a se tornar um especialista naquele assunto. 

Conheça algumas as ações para desenvolver as Hard Skills:

  • promover cursos de especialização mensalmente;
  • proporcionar workshops, treinamentos e palestras com especialistas da área;
  • disponibilizar um dia para atualizações do mercado;
  • fazer parcerias com cursos de idiomas, com descontos para os colaboradores;
  • criar uma biblioteca dentro da empresa para leitura, no horário de almoço ou para consultas durante o período de trabalho;
  • entre outras. 

Desenvolvendo as Soft Skills

Já as Soft Skills, necessitam de empenho a mais para serem desenvolvidas, tanto por parte do líder quanto do profissional que precisa dessa evolução. Isso porque, as pessoas já nascem ou são criadas com costumes e hábitos que são mais difíceis de mudar ou serem aprimoradas. 

Um exemplo simples desse tipo de comportamento, é a forma de lidar com outras pessoas: às vezes, esse profissional não tolera algumas situações, pois foi criado com essa cultura e, com certeza, você não vai querer uma pessoa intolerante e que não quer mudar na sua equipe, não é mesmo?

Por isso, é fundamental que você tenha a expertise de saber qual o comportamento que pode ser desenvolvido/melhorado e aquele que você não será capaz. Em muitos casos, é mais vantagem investir tempo e dinheiro com uma nova contratação, do que ficar investimento tempo e energia em uma situação que não tem solução. 

Veja a seguir algumas ações para desenvolvimento comportamental:

  • invista em imersão: a implementação de uma cultura de evolução e crescimento é fundamental dentro de uma equipe. Para isso, é possível ter o auxílio de coaching profissional e tentar se aprofundar ao máximo no time, entendendo as necessidades e interesse de cada profissional;
  • dê feedbacks semanais ou mensais: praticar a devolutiva dos resultados dos colaboradores é um grande diferencial no desenvolvimento das competências. Isso faz com que os profissionais se sintam importantes para a empresa e tenham mais empenho para melhorar seu perfil comportamental;
  • sirva como exemplo: se você não conseguir passar para a sua equipe um bom comportamento, provavelmente eles não irão ter uma motivação para se desenvolver. O exemplo é a melhor maneira de mostrar para os colaboradores que todos podem se desenvolver e alcançar os seus objetivos profissionais;
  • realize treinamentos: por mais que elas sejam naturais, as competências socioemocionais podem ser treinadas! Você pode proporcionar momentos de treinamento de comunicação interpessoal, interação entre os integrantes da equipe, a fim de melhorar o relacionamento e fazê-los trabalhar em equipe. 

Conclusão

Para concluir, as Hard Skills x Soft Skills, são habilidades muito importantes para os profissionais já experientes e aqueles que estão ingressando no mercado de trabalho.

É fundamental que elas sejam treinadas tanto por gestores e recrutadores, a fim de aprimorar e desenvolver qualificações que estavam escondidas, com o objetivo de contribuir tanto para sua vida pessoal quanto para a vida profissional. 

Quer desenvolver suas hard skills na área de marketing digital? Então conheça o Plano PRO e comece hoje mesmo a estudar a partir de 79,90/mês!